Férias de Inverno com crianças e sem gastar muito

Dicas e sugestões para aproveitar as férias escolares com diversão e economia.

Vem chegando o meio do ano e, com ele, o recesso escolar. Assim, para muitos pais, a preocupação do momento é: como entreter as crianças nas férias sem gastar muito?

A diretora científica da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, Helena Müller, observa que sair da rotina é importante. Além disso, ouvir o desejo das crianças e valorizar os momentos familiares podem proporcionar dias gratificantes.Mas a solução não precisa, necessariamente, envolver uma grande viagem, uma extensa programação ou muitos gastos.A psicóloga e psicanalista Eluza Nardino Enck explica: “Hoje, as crianças têm, cada vez mais, compromissos. Que bom se, nas férias, elas puderem brincar de forma espontânea, com atividades livres, diferentemente do resto do ano, em que tudo é programado. Que elas possam usar brinquedos, criar coisas, fazer o que não fazem nos outros dias”.

Então, confira algumas dicas e sugestões para deixar as férias das crianças mais animadas sem descuidar do orçamento:

 

1 – Reserve um tempo por dia para estar com as crianças.

Mesmo que os pais não tenham férias, aproveitar o recesso escolar pra ficar um pouco mais com as crianças é essencial. Certamente, esses são momentos valiosos para pais e filhos.

Então, reserve ao menos algumas horas por dia para estar com seus filhos, aproveite os finais de semana, tente uma folga do trabalho na sexta ou em uma tarde, talvez. E nesse momento não vale deixar as crianças no videogame e ir fazer outra coisa. Desfrute desse tempo divertindo-se com seus filhos.

 

2 – Considere revezar os cuidados com outros pais.

Uma boa estratégia pode ser combinar com pais de coleguinhas para revezarem o cuidado com as crianças. Um fica pela manhã e o outro a tarde, por exemplo, ou em dias diferenciados. Enfim, encontrem o melhor acordo para que possam otimizar o tempo para ambas as partes e tenham também momentos para estar junto com as crianças.

 

3 – Proponha um acampamento em casa ou no quintal.

Uma boa ideia de brincadeira sem sair de casa é montar a barraca de camping na sala, no quarto ou no quintal (se o tempo permitir). Aliás, nem precisa ser uma barraca mesmo. Vocês podem improvisar com colchões, lençóis e travesseiros. Para entrar no clima, vocês ainda podem desligar as luzes e usar uma lanterna para ajudar a ler, brincar ou contar histórias.

 

4 – Façam uma festa do pijama.

Que criança que não gosta de uma festa do pijama com os amigos? Convide os coleguinhas para passarem a noite, prepare algumas guloseimas e deixe as crianças se divertirem. A interação entre os pequenos também é superpositiva para o desenvolvimento deles.

5 – Visitem parques, museus, planetários e outros.

Há diversas opções de passeios em que vocês não precisam gastar muito pra se divertir a valer. Algumas boas ideias são parques, museus, planetários, bibliotecas, além é claro de opções junto à natureza, como lagos, riachos, cachoeiras, praia ou até um belo campo para correr e jogar.

E vocês também podem fazer passeios mais educativos. Que tal visitar, por exemplo, um asilo, uma ONG ou um abrigo? Essas são ideias de programas diferentes que costumam atrair a atenção das crianças, além de serem boas oportunidades de ensinar alguns valores humanos importantes.

Dica boa para economizar ainda mais nos passeios é oferecer à criança uma refeição ou lanche, antes de sair de casa, e levar sempre algo na bolsa para tapear a fome.

 

6 – Ponham a mão na massa com artes manuais.

Pinturas, desenhos, origamis, pipas, fantoches, balões decorados. Essas são algumas das artes que crianças adoram fazer. Então, junte-se a elas. Usem papéis, lápis de cor, giz, tinta, tesoura, cola, glitter, lantejoulas, etc. Enfim, abusem da criatividade e da diversão.

 

7 – Leve as crianças para a cozinha.

Que tal uma aula de culinária? Se você tem alguns dotes na cozinha, pode convidar as crianças para aprenderem e participarem da receita. E não precisa ser nada complicado.

A nutricionista Joseane Ruschel Mancio, do Colégio Farroupilha, de Porto Alegre ensina: “Para que seja divertido e desperte o interesse, o legal é que as crianças possam colocar a mão na massa, mexer nos ingredientes. Pode ser uma receita de biscoito ou uma pizza, que por natureza é da preferência deles. Mas dá para aproveitar e colocar um tomatinho, um brócolis…”

 

8 – Façam um piquenique.

Junte pães, frutas, patês, sucos, bolos ou o que mais for de preferência da família. Leve uma toalhinha e utensílios pra servir tudo tranquilamente. E escolham um parque ou um local junto a natureza para o piquenique. Ainda dá pra aproveitar o espaço pra jogar, andar de bicicleta, ou soltar pipa, por exemplo.

Por fim, nessas férias escolares, o melhor é gastar tempo com as crianças para divertir-se com elas e demonstrar todo seu carinho.

Fonte: O seu dinheiro vale mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *